Vice-procurador eleitoral também desafia a ONU contra Lula

O vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, reiterou ao TSE nesta segunda-feira 20 que o ex-presidente Lula está inelegível; a posição desafia o parecer do Comitê de Direitos Humanos da ONU emitido na última sexta-feira 17, que cobra das autoridades brasileiras que Lula seja candidato e tenha seus direitos políticos exercidos

Vice-procurador eleitoral também desafia a ONU contra Lula
Vice-procurador eleitoral também desafia a ONU contra Lula (Foto: STJ)

247 - O vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, reiterou ao Tribunal Superior Eleitoral nesta segunda-feira 20 que o ex-presidente Lula está inelegível. A posição desafia o parecer do Comitê de Direitos Humanos da ONU emitido na última sexta-feira 17, que cobra das autoridades brasileiras que Lula seja candidato e tenha seus direitos políticos exercidos.  

A manifestação de Medeiros foi sobre o processo de registro de candidatura de Lula a respeito das iniciativas de quatro cidadãos que acionaram o TSE para informar que o ex-presidente é condenado em segunda instância e deveria ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

"O candidato está inelegível, e o mesmo fato fundamenta a impugnação apresentada pelo Ministério Público Eleitoral. Nestes termos, embora legítima a iniciativa dos cidadãos em apresentar notícias de inelegibilidade, não há, no caso, reflexos nas providências já adotadas pelo Ministério Público Eleitoral", escreveu o vice-procurador-geral Eleitoral.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247