Voluntariado: a face humana da solidariedade

O voluntário é um ser ímpar, diferenciado, porque ele é solidário e a solidariedade é a conduta e a ação mais nobre do espírito humano

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O voluntariado é para mim a expressão máxima da solidariedade entre os homens e as mulheres. Poder-se-ia afirmar também que o voluntariado é o amor em toda sua essência, porque pessoas voluntárias são dignas da condição humana, porque cuidam de desconhecidos, sem, no entanto, receber remuneração e muito menos se preocupam em conquistar fama, dinheiro ou o reconhecimento da sociedade.

O trabalho voluntário é a mais nobre das ações laborais praticadas pelos entes humanos. O espírito cívico, a busca pelo bem-estar social é o que movem as pessoas, com a finalidade de fazer com que a cidadania se torne plena, justa e democrática para todos os cidadãos, principalmente aqueles que, por motivo ou outro, por questões circunstanciais de suas vidas, encontram-se em uma realidade dura e por isso difícil de enfrentar sem o importante apoio do voluntariado.

Contudo, não devemos esquecer que o trabalho voluntário requer o mesmo grau de profissionalismo e a mesma dedicação de um profissional remunerado. Do contrário, não se consegue desenvolver ações satisfatórias no que concerne ao atendimento às pessoas necessitadas. Por isso que existem milhares de entidades cadastradas, de diversas naturezas e perfis, em uma diversidade de tipos de trabalho e profissões, o que proporciona aos beneficiados ser atendidos por profissionais especializados e que sabem o que fazer para atender da melhor maneira possível a pessoa ou a comunidade que necessita de ajuda.

São médicos, enfermeiros, engenheiros, advogados, operários, construtores, militares, estudantes, técnicos em informática, professores, jornalistas, assistentes sociais, donas de casa, que se dedicam à causa voluntária em prol de vivermos em uma sociedade solidária, que enfrenta as adversidades e combate o egoísmo, a violência, o desdém, a avareza e a irresponsabilidade social. São pessoas valorosas que, conscientes de sua importância para a sociedade, tratam de dignificar suas vidas, ao dar a mão aos enfermos, aos abandonados, aos despossuídos, aos desalojados, às vítimas de violência e de injustiças e necessidades de todo tipo e gravidade.

Não é fácil ser voluntário. Tem de ter muito amor ao próximo e respeito e consideração para com aqueles que vivem momentos de fragilidade social e financeira. O voluntário é um ser ímpar, diferenciado, porque ele é solidário e a solidariedade é a conduta e a ação mais nobre do espírito humano. É quando o homem e a mulher se aproximam de Deus. Por isso, e por saber que o voluntariado é algo mais do que especial, eu termino este artigo com a seguinte frase: "A solidariedade e o voluntariado convertem em direito o que a caridade dá como favor".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email