Witzel compara Mandetta a Regina Duarte e condena mudança de posição sobre isolamento social

Em entrevista à Folha de S.Paulo, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, criticou a mudança de opinião do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre o isolamento social, comparando-o ironicamente à atriz Regina Duarte, secretária da Cultura do governo Bolsonaro

Governador do Rio, Wilson Witzel, e ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta
Governador do Rio, Wilson Witzel, e ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: Agência Brasil)

247 - “Quem não pode mudar de opinião e virar Regina Duarte é o ministro da saúde, Mandetta. Não pode dar uma opinião, como a secretária de Cultura, que opinou que isso vai acabar com a área cultural do país e que o remédio está sendo amargo demais. Pouco importa a opinião dela. A dele é que não pode mudar.”

Para o governador do Rio, a confusão com a mudança de discursos pode estimular a desobediência civil, porque a população não saberia mais a quem seguir.

Leia a íntegra da entrevista do governador do Rio à Folha de S.Paulo.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247