Zanin aponta mentira de Merval em coluna no Globo

O advogado Cristiano Zanin Martins, um dos responsáveis pela defesa de Lula, afirmou que o colunista do jornal O Globo Merval Pereira mentiu ao dizer em sua coluna que advogados do ex-presidente tiveram várias conversas com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, quando o titular da pasta, na condição de magistrado, julgava os processos da Operação Lava Jato; "Agradeço a referência feita a mim por Merval em sua coluna de hoje, mas, diferentemente do que ali constou, não 'houve várias conversas entre o juiz [Sergio Moro] e a defesa do ex-presidente nos intervalos das audiências'. Essa afirmação é factualmente incorreta", disse

(Foto: Rovena Rosa - ABR)

247 - O advogado Cristiano Zanin Martins, um dos responsáveis pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que o colunista do jornal O Globo Merval Pereira mentiu ao dizer em sua coluna que a defesa de Lula teve várias conversas com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, quando o titular da pasta, na condição de magistrado, julgava os processos da Operação Lava Jato.

"Agradeço a referência feita a mim por Merval em sua coluna de hoje, mas, diferentemente do que ali constou, não "houve várias conversas entre o juiz [Sergio Moro] e a defesa do ex-presidente nos intervalos das audiências". Essa afirmação é factualmente incorreta", escreveu o defensor no Twitter.

Em sua coluna, Merval afirmou: "O aconselhamento do juiz a uma das partes pode ser causa de nulidade, mas a definição do que seja aconselhamento fica por conta da interpretação de cada jurista. O hoje ministro Sérgio Moro, que citou o testemunho público do advogado Luis Carlos Dias Torres, garante que sempre conversou com dezenas de advogados que o procuraram dentro da Operação Lava-Jato", disse.

"Esse não foi o caso dos advogados de Lula, que nunca pediram uma audiência. Mesmo assim, como o próprio Zanin admitiu, houve várias conversas entre o Juiz e a defesa do ex-presidente nos intervalos das audiências".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247