OMS alerta que muitos países terão que revisar seus números sobre o coronavírus

O novo número informado pela China indica um total de 3.869 mortes por coronavírus. Anteriormente, o país asiático tinha anunciado 2.579 óbitos anteriormente

Sede da OMS
Sede da OMS (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou neste domingo que muitos países devem revisar seu número de infecções e mortes por coronavírus quando a situação estiver sob controle.

Para a OMS, vários países terão que seguir o exemplo da China e atualizar seus números sobre a pandemia.

"Eu anteciparia que muitos países estarão em uma situação semelhante quando precisar voltar e revisar seus dados e verificar se registraram todos os casos de coronavírus", disse Maria van Kerkhove, diretora técnica do Programa de Emergência da OMS.

Em 17 de abril, a China anunciou que o número de mortes na cidade de Wuhan era 50% maior que o informado anteriormente. Ao mesmo tempo, o país  negou ter escondido a informação.

O novo número tratado por Pequim indica um total de 3.869 mortes por coronavírus em comparação com 2.579 anunciadas anteriormente.

Van Kerkhove lembrou que o sistema de saúde da cidade de Wuhan estava sobrecarregado quando o surto começou. Alguns pacientes morreram em casa, outros em hospitais temporários, e os médicos estavam focados no tratamento dos pacientes, de modo que não mantinham as estatísticas pontuais, disse ele.

Nesse sentido, o diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, exortou todos os países a aperfeiçoarem seus cálculos de infectados e mortos, a fim de entender completamente o impacto da doença e "avançar de uma maneira muito mais precisa".

Informações da Telesul

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247