Alemanha reimpõe confinamento para 370 mil pessoas após novo surto de casos da Covid-19

Surto de casos foi registrado em um frigorífico no distrito de Gütersloh, no estado da Renânia do Norte-Vestfália, na Alemanha. Confinamento deve afetar 370 mil pessoas

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após um novo surto de casos em um frigorífico de Gütersloh, no estado da Renânia do Norte-Vestfália, na Alemanha, as autoridades do país decidiram reimpor um confinamento nesta terça-feira (23) pela primeira vez desde que as medidas de isolamento social e controle da pandemia de coronavírus começaram a ser relaxadas. A decisão deve afetar 370 mil pessoas. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

No distrito onde aconteceu o surto, mais de 1.500 dos 7.000 funcionários do frigorífico testaram positivo para a Covid-19. O primeiro-ministro da região, Armin Laschet, chamou de o "maior surto" no país, acrescenta a reportagem. 

O distrito de Gütersloh e Warendorf serão afetados pelo confinamento, que atinge cerca de 370 mil pessoas. Estabelecimentos como bares, museus e escolas ficarão fechados.  

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247