Bolsonaro discute pauta para novo pronunciamento de rádio e TV

Bolsonaro decidiu reunir os ministros para discutir a pauta de um novo pronunciamento neste sábado (28) em cadeia de rádio e televisão

www.brasil247.com - O presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento oficial sobre a declaração de pandemia do coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
O presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento oficial sobre a declaração de pandemia do coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS). (Foto: TV Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Jair Bolsonaro se reuniu com ministros na manhã desta sábado (28), no Palácio da Alvorada, em Brasília, para discutir a crise frente à pandemia do coronavírus, que já vítimou 92 brasileiro e registra 3.417 casos confirmados de contaminação.

A reunião teve como pauta principal a realização de um novo pronunciamento que deve fazer neste sábado em cadeia de rádio e televisão em que pretende apresentar "medidas para o enfrentamento ao coronavírus no país".

Além disso, Bolsonaro quer enquadrar os ministros para que o governo tenha um único discurso sobre o enfrentamento da crise, já que está semana ele foi dasautorizado pelo secretário João Gabbardo dos Reis, que afirmou que as declarações de Bolsonaro sobre manter as pessoas trabalhando não mudam em nada a determinação do ministério de manter a quarentena.

PUBLICIDADE

Entre os ministros presentes estavam Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública,e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional.

Bolsonaro tem atacado governadores por aplicar o isolamento e manter a quarentena, fechando comércio e serviços. Ele defende o isolamento vertical, ou seja, quarentena apenas para idosos e doentes crônicos, que fazem parte do grupo de risco da covid-19.

PUBLICIDADE

O último pronunciamento foi na terça-feira (24), marcado por uma panelaço em diversas regiões do país e críticas nas redes sociais.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email