Brasil tem ao menos 4,2 milhões de infectados pelo novo coronavírus, diz estudo

Estudo elaborado pelo Imperial College de Londres, um dos mais renomados institutos do mundo em modelagem matemática, aponta o alto índice de subnotificação e a necessidade adoção de medidas adicionais para conter o avanço da pandemia

Agentes de saúde transferem paciente do novo coronavírus em ambulância
Agentes de saúde transferem paciente do novo coronavírus em ambulância (Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um estudo elaborado pelo Imperial College de Londres, um dos mais renomados institutos do mundo em modelagem matemática, aponta que os 16 estados brasileiros com mais casos de infecção pelo novo coronavírus podem ter 4,2 milhões de pessoas contaminadas. 

"Como sabemos que no Brasil praticamente somente os casos graves são testados, era esperado que o número de infectados superasse bastante o número de casos confirmados. Em nosso estudo, avaliamos diferentes cenários sob diferentes níveis de subnotificação”, disse estatístico Henrique Hoeltgebaum, um dos autores do estudo ao jornal O Estado de S Paulo

Segundo a pesquisa, a contaminação pelo novo coronavírus alcança cerca de 10,6% da população do Amazonas, 3,3% de São Paulo e 3,35% do Rio de Janeiro. Os percentuais correspondem a algo próximo de 1,5 milhão de pessoas em São Paulo, 582 mil no Rio e 548 mil no Amazonas. “Apesar de medidas tomadas até agora terem reduzido o número de reprodução, os dados sugerem que a epidemia continua em aumento exponencial em todos os 16 Estados brasileiros analisados”, disse o médico doutorando da Universidade de Oxford Ricardo Schnekenberg, que também assina o estudo. 

Os pesquisadores alertam que devido ao avanço da pandemia, é preciso que o Brasil adote ações adicionais para limitar o contágio e evitar a sobrecarga do sistema de saúde. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247