Cães serão treinados para detectar suspeita de coronavírus

“O objetivo é que os cães possam examinar qualquer um, inclusive quem não tem sintomas, e nos digam se precisam ser submetidos a um teste”, afirma em comunicado escrito pelas entidades envolvidas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ONG Medicinal Detection Dogs, em conjunto com a Universidade de Durham e a Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, vão tentar treinar cães para detectar pessoas com a Covid-19 e ajudar a conter a propagação da doença. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

A associação já treinou cães para detectar infecções bacterianas, câncer e parkinson. Os animais serão treinados para farejar amostras do vírus Sars-CoV-2, e detectar altas temperaturas corporais em humanos.  

As entidades envolvidas “começaram os preparativos para treinar intensivamente cães para que estejam prontos no prazo de seis semanas para proporcionar um diagnóstico rápido e não invasivo”, diz comunicado enviado pelos participantes. “O objetivo é que os cães possam examinar qualquer um, inclusive quem não tem sintomas, e nos digam se precisam ser submetidos a um teste”, acrescenta. 

Após concluir todas as etapas de treinamento, os animais serão enviados para os aeroportos. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email