Após desconfianças, AstraZeneca deve fazer novo teste global com vacina de Oxford contra Covid-19

Depois de questionamentos sobre os resultados do estudo de estágio avançado da farmacêutica com a vacina de Oxford, um novo estudo deve ser realizado para avaliar uma dosagem menor que teve um desempenho melhor do que uma inteira

AstraZeneca e Universidade de Oxford retomam testes de vacina contra Covid-19
AstraZeneca e Universidade de Oxford retomam testes de vacina contra Covid-19 (Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A AstraZeneca provavelmente fará um teste global adicional para verificar a eficácia de sua vacina contra Covid-19, disse seu presidente-executivo, Pascal Soriot, nesta quinta-feira, depois de questionamentos sobre os resultados do estudo de estágio avançado da farmacêutica.

Ao invés de acrescentar este teste a um processo em andamento nos Estados Unidos, um novo estudo seria realizado para avaliar uma dosagem menor que teve um desempenho melhor do que uma inteira nos estudos da AstraZeneca, disse Soriot, segundo uma reportagem da Bloomberg News.

“Agora que descobrimos o que parece ser uma eficácia melhor, temos que validar isso, por isso precisamos fazer um estudo adicional”, disse o CEO, de acordo com a reportagem.

Soriot disse ainda que provavelmente seria outro “estudo internacional, mas este poderia ser mais rápido, porque sabemos que a eficácia é alta, então precisamos de um número menor de pacientes”.

A notícia chega no momento em que a AstraZeneca enfrenta indagações a respeito de sua taxa de sucesso, o que alguns especialistas dizem poder prejudicar suas chances de obter uma aprovação regulatória rápida nos EUA e na União Europeia.

Vários cientistas expressaram dúvidas sobre a robustez dos resultados que mostram que a vacina experimental foi 90% eficiente em um subgrupo de participantes de estudo que, inicialmente por engano, receberam meia dose seguida por uma dose inteira.

Por Josephine Mason

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247