China expande produção e exportação de suprimentos médicos

A China está expandindo as exportações de suprimentos médicos para ajudar na luta global contra a doença do novo coronavírus (Covid-19) com o aumento da capacidade de produção, anunciaram as autoridades nesta quarta-feira

(Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Xinhua - A China está ampliando a capacidade diária de produção de roupas de proteção médica, que  superou a marca de 1,5 milhão, e a de máscaras faciais N95, que ultrapassou 3,4 milhões, disse Cao Xuejun, funcionária do Ministério da Indústria e Informatização, em uma coletiva de imprensa.

Até meados de março, a produção de roupas de proteção e máscaras faciais médicas era de mais de 842 mil e 1,8 milhão, respectivamente, mostraram dados anteriores.

As principais empresas rastreadas pelo ministério podem produzir 290 mil óculos de proteção e coberturas faciais e mais de 410 mil termômetros infravermelhos diariamente, revelou Cao.

As empresas chinesas forneceram 18 mil respiradores para outros países, entre os quais mais de 4 mil são invasivos, segundo Cao.

A capacidade de produção semanal de respiradores invasivos da China, um dos dispositivos médicos mais procurados em meio à epidemia, ficou em cerca de 2.200 unidades, dado o fornecimento suficiente de peças-chave, menos de um quinto da capacidade global, disse Chen Kelong, outro funcionário do MIIT.

Os desafios permanecem para as empresas chinesas aumentarem significativamente a produção de respiradores, tanto agora quanto no longo prazo, devido às interrupções na cadeia de fornecimento causadas pela epidemia, disse Chen.

Desde 1º de março, a China havia exportado 3,86 bilhões de máscaras faciais, 37,52 milhões de roupas de proteção, 2,41 milhões de termômetros infravermelhos até o último sábado (4), informa a Xinhua.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email