China inicia usos clínicos com medicamento de anticorpos neutralizantes contra Covid-19

O Centro de Fronteiras Biomédicas da Universidade de Pequim fez progressos importantes na pesquisa de anticorpos neutralizantes usando a tecnologia de sequenciamento de célula única; os medicamentos desenvolvidos têm sido usados em tratamento clínico

(Foto: CCTV/reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Rádio Internacional da China - Após a eclosão da Covid-19, a China imediatamente organizou equipes de especialistas superiores para promover a pesquisa técnica e o desenvolvimento de medicamentos e tratamentos eficazes. A equipe do Centro de Fronteiras Biomédicas da Universidade de Beijing fez progressos importantes na pesquisa de anticorpos neutralizantes usando a tecnologia de sequenciamento de célula única, e os medicamentos desenvolvidos têm sido usados em tratamento clínico.

A partir de fevereiro de 2020, a equipe detectou cerca de 8 mil a 10 mil sequências de anticorpos contra Covid-19 em mais de 60 pessoas recuperadas. Após testes em grande escala, o anticorpo DVP604 teve um bom desempenho na sua atividade, propriedades de amplo espectro e antivirais. Além disso, o seu custo é baixo e pode ser usado como medicamento contra Covid-19 em uso clínico.

Até agora, 36 pacientes usaram a droga. O nível de anticorpos aumentou significativamente após o uso, os sintomas respiratórios melhoraram significativamente, o paladar e o olfato foram restaurados e o processo de deterioração dos pulmões foi significativamente atrasado ou melhorado. A equipe está agora promovendo pesquisas clínicas no exterior e trabalhos relacionados à industrialização.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email