China libera insumos para produção de 8,7 milhões de doses da CoronaVac, diz Doria

As doses devem começar a ser distribuídas a partir de 25 de fevereiro até a primeira quinzena de março

Instituto Butantan e CoronaVac
Instituto Butantan e CoronaVac (Foto: Marcos Santos/USP Imagens | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A China liberou a exportação de 5.6 mil litros de insumos para a CoronaVac, quantidade capaz de produzir 8.7 milhões de doses, disse o governador de São Paulo João Doria (PSDB).

A vacina deve chegar no dia 10 de fevereiro e começa a ser distribuída no dia 25 até a primeira quinzena de março, em ritmo de 600 mil doses diárias.

As informações foram reportadas no Estadão. 

Na semana passada, Jair Bolsonaro anunciou a importação de mais 5.4 mil litros do IFA (ingrediente farmacêutico ativo), que permite a produção de 8.6 milhões de doses. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email