Cientistas chineses identificam remédio que reduz risco de pneumonia em pacientes com coronavírus

O estudo chinês testou o remédio em 564 pessoas, incluindo 51 com pneumonia grave

Médicos atendem paciente com coronavírus
Médicos atendem paciente com coronavírus (Foto: China Daily/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Cientistas chineses identificaram um remédio que reduz o risco de pneumonia, um dos principais motivos de morte causada pelo novo coronavírus. O estudo chinês testou o remédio em 564 pessoas, incluindo 51 com pneumonia grave.

De acordo com eles, apenas 6.3% dos pacientes hipertensos, que usaram inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA) ou antagonistas do receptor da angiotensina II, sofreram complicações da pneumonia pelo coronavírus. Entretanto, dentre os que receberam um tratamento alternativo para a pressão sanguínea, o número de pessoas com pneumonia grave foi de 32.7%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247