Coronavac pode estar disponível em janeiro, diz governo de São Paulo

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, os dados da vacina desenvolvida pela China em parceria com o Instituto Butantan devem ser enviados à Anvisa no final de outubro. “O cronograma está sendo respeitado"

Médico infectologista Jean Gorinchteyn
Médico infectologista Jean Gorinchteyn (Foto: Governo de São Paulo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse nesta quinta-feira (10) à GloboNews que a Coronavac, vacina desenvolvida pela China em parceira com o Instituto Butantan, pode estar disponível no calendário de vacinação nacional em janeiro de 2021.

Gorinchteyn afirmou que os protocolos para a produção do medicamento estão sendo cumpridos e que os dados sobre os testes da vacina devem ser encaminhados à Anvisa no final de outubro.

“O cronograma está sendo respeitado. Pretende-se fazer a abertura dos estudos no dia 15 de outubro e esses dados serão levados para Anvisa para fazer a chancela. Em dezembro já teremos 46 milhões de doses e poderemos iniciar a vacinação no início de janeiro, lembrando que ainda no 1° trimestre recebemos mais 15 milhões com a possibilidade de até junho termos 100 milhões de doses disponibilizadas", disse o secretário.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247