Coronavírus achado em embalagem de frango do Brasil não é motivo para alarme, diz OMS

“A China testou algumas centenas de milhares de amostras e encontrou o coronavírus em menos de dez”, esclareceu a cientista da OMS Maria Van Kerkhove

Indústria de alimento
Indústria de alimento (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Diante da notícia de que foi encontrado coronavírus em uma embalagem de frango na China com origem brasileira, a OMS esclareceu nesta quinta-feira (13) que o vírus foi achado em uma parte extremamente pequena das embalagens, e que o caso não é motivo de alarde.

A cientista responsável pela unidade de enfermidades emergentes da OMS, Maria Van Kerkhove, afirmou que “a China testou algumas centenas de milhares de amostras e encontrou o coronavírus em menos de dez”.

O diretor-executivo da OMS, Mike Ryan, disse que "as pessoas já estão assustadas demais. Não vamos descartar indícios científicos, mas não devemos temer pacotes de comida”.

Inscreva-se na TV 247 e assista ao Boletim 247 sobre o tema:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247