Coronavírus: com 31.309 mortes, Brasil tem 558.237 casos confirmados

Brasil segue na segunda posição do ranking mundial de países com o maior número de casos confirmados da Covid-19. O diretor de emergência da OMS alertou que o Brasil tem registrado o maior aumento de infectados nos últimos dias

Marcos Vinicius Andrade da Silva, 26, ajuda a carregar no Cemitério de Inhauma o caixão de Valnir Mendes da Silva, 62, que morreu em uma calçada na favela Arará após dificuldades para respirar, em meio à pandemia do novo coronavírus. Rio de Janeiro, Brasil, 18/05/2020.
Marcos Vinicius Andrade da Silva, 26, ajuda a carregar no Cemitério de Inhauma o caixão de Valnir Mendes da Silva, 62, que morreu em uma calçada na favela Arará após dificuldades para respirar, em meio à pandemia do novo coronavírus. Rio de Janeiro, Brasil, 18/05/2020. (Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As secretarias estaduais de saúde registraram, até a manhã desta quarta-feira (3), cerca de 558.237 casos confirmados da Covid-19 e 31.309 mortes provocadas pela doença no Brasil. O levantamento é do portal G1

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado no final da tarde de terça-feira (2), informa 31.199 mortos e 555.383 casos de contágio pelo novo coronavírus no país, acrescenta a reportagem. Cerca de 253.570 pacientes foram recuperados da doença.

O Brasil segue cravado na segunda posição do ranking mundial de países com o maior número de casos da Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos que registrava 1,7 milhão de infectados até o último domingo (31). 

O diretor de emergências da OMS destacou que o Brasil tem registrado, entre os demais países do globo, o maior aumento recente do número de casos confirmados da Covid-19.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email