Covid: cientistas alertam para nova variante com alto número de mutações

Encontrada pela 1ª vez na África, a nova cepa do coronavírus vem sendo indicada como B.1.1.529 e já tem dez casos confirmados em três países

Recorrência da Covid-19 em pacientes preocupa autoridades médicas em Sergipe
Recorrência da Covid-19 em pacientes preocupa autoridades médicas em Sergipe (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - Cientistas alertaram, nesta quinta-feira (25/11), para o surgimento de uma nova variante do coronavírus na África. Por enquanto, a cepa está sendo indicada pela sigla B.1.1.529 e já tem dez casos confirmados em três países – Botsuana, África do Sul e Hong Kong.

Os primeiros casos da variante foram descobertos em Botsuana em 11 de novembro. Três dias depois, novos casos de pacientes infectados pela cepa foram identificados na África do Sul e, em seguida, um paciente que havia viajado à África testou positivo em Hong Kong.

De acordo com os sequenciamentos genéticos realizados, a nova variante tem 32 mutações na proteína spike, parte do coronavírus que faz a ligação com as células para iniciar o ataque ao corpo humano.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email