Diretor de Saúde Pública dos EUA anuncia novo 11 de setembro por coronavírus: “haverá muitas mortes”

De acordo com o médico dos Estados Unidos Jerome Adams, chefe da Direção de Saúde Pública do seu país, as próximas duas semanas serão " um novo momento de Pearl Harbor, ou um novo 11 de setembro, mas não será localizado, ocorrerá em todo o país"

Jerome Adams
Jerome Adams (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O médico dos Estados Unidos Jerome Adams, chefe da Direção de Saúde Pública do seu país, afirmou que as próximas duas semanas "serão os dias mais difíceis e tristes para a vida da maioria dos nossos cidadãos". "Haverá muitas mortes". 

"Este será um novo momento de Pearl Harbor, ou um novo 11 de setembro, mas não será localizado, ocorrerá em todo o país, e quero que os Estados Unidos o entendam", disse ele em entrevista à Fox News.

Os EUA lideram o ranking mundial de confirmações da covid-19 (336,9 mil), seguida pela Espanha (135 mil) e pela Itália (128 mil). Os americanos registram 9,6 mil mortes. Em nível mundial são 1,2 milhão de casos e 70,5 mil mortes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email