Embaixador sugere que alemães deixem o Brasil: 'chance de ficar doente está subindo'

No comunicado, o diplomata alemão afirma que "o número de pessoas infectadas pelo vírus COVID-19, [o número] dos gravemente doentes e as mortes estão aumentando extremamente rápido"

Georg Witschel
Georg Witschel (Foto: José Cruz/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, pediu em uma carta publicada no site da Chancelaria germânica que os alemães que estejam em viagem pelo Brasil retornem o mais rápido possível ao país europeu.

No comunicado, o diplomata alemão afirma que "o número de pessoas infectadas pelo vírus COVID-19, [o número] dos gravemente doentes e as mortes estão aumentando extremamente rápido", mencionando as medidas de restrição já implementadas em várias partes do país.

"Devido a esse desenvolvimento, há temores de que a situação aqui se agrave rapidamente. Em alguns estados, os sistemas de saúde já estão ocupados. Enquanto isso, o risco de ficar infectado e adoecer está aumentando. Consequentemente, você pode não conseguir se beneficiar de cuidados médicos adequados", prosseguiu o embaixador.

"É sua responsabilidade deixar o país agora e voltar para a Alemanha", acrescentou.

O embaixador ainda ponderou que há poucos alemães em viagem neste momento pelo Brasil, e citou os vários caminhos que os seus compatriotas podem tomar para retornar neste momento à Alemanha. Não há, contudo, planos de repatriação da parte do governo de Berlim, concluiu.

Na semana passada, tanto os Estados Unidos quanto o Reino Unido já haviam recomendado o retorno de seus cidadãos que estivessem no Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247