EUA passam de 200 mil mortes por Covid-19 e Biden protesta: “não precisava ser tão ruim”

O país lidera o "ranking global" de mortes, que já se aproximam de 1 milhão em todo o globo

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Os Estados Unidos ultrapassaram a triste marca de 200 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus nesta terça-feira (22), segundo levantamento do Centro de Pesquisas do Coronavírus da Universidade Johns Hopkins. O país é o que registra mais óbitos no mundo.

Segundo dados da instituição são 200.284 óbitos registrados no país desde o início da pandemia de Sars-Cov-2, com mais de 6,8 milhões de casos confirmados. No mundo, são 996 mil mortes e 31,4 milhões de infectados.

Apesar da marca, o presidente Donald Trump voltou a fugir de sua responsabilidade pelas mortes provocadas no país em discurso na Organização das Nações Unidas e sofreu críticas internas. O mandatário não citou a marca de 200 mil vidas perdidas, colocou a culpa da pandemia na China e pediu que o país asiático seja punido.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247