Isolado pela pandemia, Gilberto Gil desabafa: "a agonia dos que morrem sufocados é minha também"

Apesar de estar "triste pelo sofrimento, o flagelo, a agonia dos velhinhos", o cantor Gilberto Gil também disse estar tranquilo e confiante "ao testemunhar o esforço hercúleo dos médicos, enfermeiros, trabalhadores do sistema de saúde, especialistas e cientistas, políticos e gestores públicos"

Gilberto Gil
Gilberto Gil (Foto: Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cantor Gilberto Gil, de 77 anos, está isolado em Petrópolis, Rio de Janeiro, com a família por conta da pandemia de coronavírus. Gil concedeu entrevista ao Estado de S. Paulo e disse estar vivendo entre o “sufoco em comoção e lágrimas”.

Questionado sobre como vê a pandemia no sentido da vida e morte, Gil disse que: "meu coração tem estado sempre pronto (ao menos, sempre procurado estar pronto) para o que der e vier. Ou seja, na meditação sobre a vida há sempre um lugar para o tudo ou nada. Penso que, ainda que não seja fácil, é necessário esperar pelo que quer que seja".

Ele também falou que está "triste pelo sofrimento, o flagelo, a agonia dos velhinhos morrendo sufocados. A agonia deles é também minha; eu também sufoco em comoção e lágrimas. Tranquilo e confiante? Sim, na medida do possível. Ao testemunhar o esforço hercúleo dos médicos, enfermeiros, trabalhadores do sistema de saúde, especialistas e cientistas, políticos e gestores públicos, todos os que continuam trabalhando, expostos a todos os riscos, para garantir nosso alimento e nosso transporte, nossa luz e nossa água. Tanta gente fazendo tudo que é possível para assegurar um futuro".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email