Mais de 7 mil mortes em casas de repouso nos EUA estão relacionadas ao coronavírus

Cerca de um quinto das mortes causadas pela Covid-19 nos EUA estão relacionadas a lares e casas de repousos de idosos. Outros 36.500 entre funcionários e residentes foram contaminadas

(Foto: REUTERS/Brendan Mcdermid)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornal diário estadunidense The New York Times descobriu que pelo menos 7 mil vítimas fatais do novo coronavírus moravam em casas de repouso ou estavam vinculadas de alguma forma. O primeiro grande surto aconteceu num asilo de Seattle. A informação é do jornal O Globo

A ex vice-governadora de Nova York, que fundou a campanha do Comitê para Reduzir as Mortes por Infecções, Betsy McCaughey, disse que “lares de idosos já estão sobrecarregados. Eles estão lotados e com poucos funcionários. Um paciente positivo para Covid-19 em um lar de idosos produz uma carnificina”. “Eles são um poço de morte”, acrescentou.  

Cerca de um quinto das mortes causadas pela Covid-19 nos Estados Unidos estão relacionadas a lares de idosos e instituições de assistência, com a contaminação de 36.500 outros residentes e funcionários em todo o país.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247