Mais de um milhão de vacinas da Pfizer serão distribuídas nesta segunda pelo Ministério da Saúde às capitais

Imunizante será utilizado como primeira dose para quem tem comorbidades, puérperas, gestantes e pessoas com deficiência permanente

(Foto: Dado Ruvic/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério da Saúde vai começar a liberar a partir desta segunda-feira (10)  um lote de 1,1 milhão de vacinas da Pfizer para grupos prioritários com comorbidades, gestantes puérperas e pessoas com deficiência permanente.  Devido às especificidades de armazenamento, quando forem enviadas aos estados, serão transportadas a -20°C e, nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de 2°C a 8°C, precisam ser aplicadas em até cinco dias. Por isso, só serão aplicadas nas 27 capitais do país.

O lote faz parte de um contrato que prevê a entrega de 100 milhões de doses do imunizante, que já começou a ser entregue desde a semana passada. 

O intervalo entre a 1ª e 2ª doses da imunizante da Pfizer é de 3 meses no Brasil - o fabricante recomenda 21 dias . Mais de R$6,6 bilhões de reais foram liberados para a compra de mais de 100 milhões de doses da Pfizer.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e assista:


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email