Médicos afirmam que trombose cerebral de Rodrigo Rodrigues pode ter relação com Covid-19

O apresentador do SporTV foi hospitalizado 15 dias após testar positivo para o novo coronavírus

Rodrigo Rodrigues
Rodrigo Rodrigues (Foto: Reprodução (Youtube))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O apresentador da SporTV, Rodrigo Rodrigues, segue em coma induzido nesta segunda-feira (27) e a esperança é que a cirurgia realizada neste domingo (26) seja suficiente para sanar a trombose venosa cerebral (TVC) e reduza a pressão intracraniana.

Antes da internação, o jornalista havia testado positivo para o novo coronavírus, há cerca de 15 dias. De acordo com médicos, a TVC é uma doença rara e ocorre quando as veias do cérebro “entopem”, dificultado a circulação sanguínea e pode ter sido provocada pela Covid-19.

“Os trombos impedem a saída e o sangue começa a coagular. É bem grave”, alerta o Dr. Carlos Uribe, neurologista da Rede D’Or São Luiz, segundo reportagem do Metrópoles.

"O primeiro sintoma é dor de cabeça. E é um sintoma comum à Covid-19. Há uma possível relação de doenças cerebrovascular com Covid-19. A infecção provocada pelo coronavírus também pode provocar coágulos no corpo. Há uma chance, teórica, de aumentar doenças como o AVC isquêmico”, acrescentou Uribe.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247