"Não é a melhor do mundo, mas é a que temos. Eu quero", diz bióloga Natalia Pasternak sobre a CoronaVac (vídeo)

A presidente do Instituto Questão de Ciência participou da coletiva da CoronaVac e defendeu a aplicação do imunizante. "São bons resultados, resultados honestos de uma vacina que é perfeitamente aceitável"

Natalia Pasternak
Natalia Pasternak (Foto: Governo de São Paulo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A microbiologista Natalia Pasternak, presidenta do Instituto Questão de Ciência, participou nesta terça-feira (12) da coletiva de imprensa realizada pelo Instituto Butantan com a apresentação dos resultados dos estudos clínicos da vacina Coronavac, que tem eficácia global de 50,4% e eficácia de 78% para casos muito leves.

“O ensaio teve seus sucessos e suas falhas, e precisa ser comunicado abertamente para a população. O estudo trouxe os resultados que se propôs a fazer. São bons resultados, resultados honestos de uma vacina que é perfeitamente aceitável. É uma vacina adequada e possível para o Brasil, e compatível com nossa capacidade de produção, armazenamento e distribuição”, declarou a cientista.

 Leia mais na Fórum.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e assista ao Boletim 247 que explica a eficácia global:



O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email