No Rio, negros adoecem e morrem mais em meio à pandemia da Covid-19, diz Fiocruz

A população negra carioca é a que mais morre e a que mais adoece por conta da pandemia da Covid-19, aponta estudo da Fiocruz. Cerca de 48% dos óbitos registrados no município, entre 22 de junho a 28 de setembro, era de negros

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A população negra carioca é a que mais morre e a que mais adoece por conta da pandemia da Covid-19, aponta estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A reportagem é do portal G1.

Cerca de 48% dos óbitos registrados no município, entre 22 de junho a 28 de setembro, era de negros, informa o segundo Boletim Socioepidemiológico Covid-19 nas Favelas.

Os dados foram obtidos com a prefeitura do Rio, e o levantamento foi lançado no dia 12 de novembro, acrescenta a reportagem. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247