OMS alerta para baixa testagem e subnotificação dos casos do novo coronavírus no Brasil

"A taxa de positivos no Brasil é bastante alta. Provavelmente, há uma subestimação do número verdadeiro de casos", disse o diretor do programa de emergências da OMS, Michael Ryan

Chegada dos 5000 testes para coronavírus. Guarulhos - SP
Chegada dos 5000 testes para coronavírus. Guarulhos - SP (Foto: Reuters/Ag.Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Organização Mundial de Saúde (OMS) manifestou preocupação com a subnotificação dos casos do novo coronavírus no Brasil em função do percentual dos resultados dos testes positivos, em torno de 31%. Para a OMS, o índice elevado aponta uma baixa testagem e pode esconder uma possível subnotificação, uma vez que a média mundial de casos positivos gira em torno de 17%. 

"A taxa de positivos no Brasil é bastante alta. Provavelmente, há uma subestimação do número verdadeiro de casos. A taxa em países com testagem em massa chega até a 5%, e essa tendência não é um resultado de realizar vários testes", disse o diretor do programa de emergências da OMS, Michael Ryan, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247