OMS: mesmo com vacinas contra Covid-19, imunidade de rebanho não chegará em 2021

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que isso significa que medidas de restrição, distanciamento social e usos de máscaras devem continuar

(Foto: REUTERS/Charles Platiau)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que o mundo não deve esperar que uma imunidade de rebanho seja atingida contra a Covid-19 em 2021, apesar das vacinas pelo mundo. 

Desta forma, a entidade diz que isso significa que medidas de restrição, distanciamento social e usos de máscaras devem continuar.

Imunidade de rebanho é considerada quando pelo menos 70% de uma população fica protegida de um vírus, e diante das dificuldades em relação à produção das vacinas, a imunização de mais de 5,4 bilhões é pouco provável neste ano.

"As vacinas vão chegar. Mas precisamos ter paciência e continuar com as medidas de proteção", alertou Soumya Swaminathan, cientista-chefe da OMS.

No mundo, os casos de coronavírus desde o início da pandemia se encaminham para 100 milhões; enquanto as mortes se aproximam de 2 milhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email