Pesquisa mostra que trabalho informal eleva contágio e morte por Covid-19

Os pesquisadores observaram que, para cada 10 pontos percentuais de informais a mais na população, a taxa de contágio aumenta em 29% e a taxa de mortalidade pela doença cresce, em média, 38%

Manaus pode ter atingido "imunidade de rebanho"
Manaus pode ter atingido "imunidade de rebanho" (Foto: Ag. Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma pesquisa realizada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) indicou que cidades com maior quantidade de trabalhadores informais foram as mais afetadas pela pandemia de Covid-19 no Brasil.
Segundo reportagem publicada no jornal Folha de S.Paulo, os pesquisadores observaram que, para cada 10 pontos percentuais de informais a mais na população, a taxa de contágio aumenta em 29% e a taxa de mortalidade pela doença cresce, em média, 38%. Isso significa que para cada 1 milhão de habitantes são registrados, em média, um adicional de 3.130 infectados e 88 mortes.

A reportagem indicou também que o levantamento analisou dados socioeconômicos de todos os 5.570 municípios brasileiros e isolou diferentes indicadores, como pobreza, cor da pele, votos no primeiro turno da eleição presidencial e também o efeito da informalidade no trabalho.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email