Portugal decreta Estado de Calamidade em consequência do crescimento de casos

O governo português decretou o aumento de restrições, com a implementação de oito medidas e destacou que a Covid-19 tem tido uma “evolução grave” no país

Garçom aguarda por clientes em restaurante no centro de Lisboa durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) em Portugal
Garçom aguarda por clientes em restaurante no centro de Lisboa durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) em Portugal (Foto: Rafael Marchante/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Conselho de Ministros de Portugal decretou Estado de Calamidade Pública no país por causa do crescimento do número de casos de coronavírus. O governo português decretou o aumento de restrições, com a implementação de oito medidas e destacou que a Covid-19 tem tido uma “evolução grave” no país, de acordo com o site País ao Minuto

De acordo com as novas medidas, haverá um limite de cinco pessoas para agrupamentos nas ruas serão limitados a cinco pessoas e de 50 nos eventos de natureza familiar, como casamentos e batizados. Festas e recepções nas universidades estão proibidas.

As multas serão aumentadas em "até 10 mil euros" para as empresas que não cumprirem as regras em vigor.

O uso de máscara em espaços públicos será "recomendado vivamente a todos os cidadãos" e também a utilização do StayAway Covid, um aplicativo com informações oficias do governo sobre a doença.

Portugal tem 91,1 mil casos de coronavírus e 2,1 mil mortes. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247