SP encaminha estudo preliminar à Anvisa para agilizar aprovação da vacina Coronavac

O governador João Doria (PSDB) disse que assim a CoronaVac já pode começar a ser analisada pela Anvisa, mesmo ainda sem ter concluído os estudos de fase 3, que comprovam a eficácia da vacina.

Profissional de saúde segura caixa de potencial vacina contra Covid-19 da chinesa Sinovac durante testes em Porto Alegre
Profissional de saúde segura caixa de potencial vacina contra Covid-19 da chinesa Sinovac durante testes em Porto Alegre (Foto: REUTERS/Diego Vara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (2) que já encaminhou à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estudos preliminares da CoronaVac com o objetivo de agilizar o processo de obtenção do registro do imunizante. A vacina contra a covid-19 é desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac e tem previsão de começar a ser aplicada em profissionais da saúde a partir de dezembro. A informação é do portal UOL. 

Em entrevista coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) disse que assim a CoronaVac já pode começar a ser analisada pela Anvisa, mesmo ainda sem ter concluído os estudos de fase 3, que comprovam a eficácia da vacina.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247