Vacina Pfizer é 94% eficaz, aponta estudo israelense

De acordo com a seguradora Clalit, seus cientistas testaram 600 mil pessoas que receberam as duas doses recomendadas da vacina

Vacina Pfizer
Vacina Pfizer (Foto: REUTERS/Dado Ruvic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A principal seguradora de saúde de Israel afirmou neste domingo (14) que a vacina Pfizer / BioNTech foi 94% eficaz contra a Covid-19. Foi o que apontou um estudo realizado com mais de um milhão de pessoas vacinadas. As informações são agência de notícias France-Presse.

De acordo com a seguradora Clalit, seus cientistas testaram 600 mil pessoas que receberam as duas doses recomendadas da vacina e um número equivalente de pessoas que não receberam a injeção.

"Houve uma redução de 94% na taxa de infecção sintomática e uma queda de 92% na taxa de doença grave, em comparação com 600.000 [indivíduos] semelhantes que não foram vacinados", disse a empresa em um comunicado. "A eficácia da vacina é mantida em todas as categorias de idade, incluindo aquelas com mais de 70 anos", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email