CPI adia depoimento do presidente da Anvisa

Com o adiamento, foram alteradas as datas também dos depoimentos de Fabio Wajngarten e Ernesto Araújo

Antonio Barra Torres
Antonio Barra Torres (Foto: Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Senadores da CPI da Covid decidiram adiar para a próxima terça-feira (11) o depoimento do diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres. 

A previsão era de que Barra Torres fosse ouvido já nesta quinta-feira (6). No entanto, em razão do alongamento do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a comissão optou por adiar a fala do presidente da Anvisa.

O depoimento do ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social Fabio Wajngarten, previsto para 11 de maio, foi também adiado e será realizado na quarta-feira (12). Na quinta-feira (13) será ouvido o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo.

O calendário da CPI, portanto, foi reorganizado da forma abaixo:

Terça-feira, 11 de maio: Antônio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa;

Quarta-feira, 12 de maio: Fabio Wajngarten, ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social;

Quinta-feira, 13 de maio:  Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email