CPI da Covid planeja quebrar nesta semana sigilo bancário de Wajngarten

Senadores articulam a quebra de sigilo bancário de Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo Jair Bolsonaro que afirmou que “incompetência” do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello atrasou a aquisição de vacinas da Pfizer pelo governo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Senadores articulam apresentar requerimentos para pedir a quebra de sigilo bancário de Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo Jair Bolsonaro que fará depoimento à CPI da Covid. 

Segundo Gerson Camarotti, no G1, além de Wajngarten, os senadores também querem a quebra do sigilo bancário de integrantes do chamado "gabinete do ódio".

O assunto foi debatido numa reunião do comando da CPI na noite da última quinta-feira, 6.

O depoimento de Wajngarten é visto como fundamental para a CPI que investiga o desgoverno Bolsonaro em relação à pandemia do novo coronavírus. Ele foi convocado após ter dito que “incompetência” do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello atrasou a aquisição de vacinas da Pfizer pelo governo.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email