PF envia à CPI da Covid dados de viagens do dono da Precisa

Segundo documento sigiloso, o empresário Francisco Maximiano fez ao menos duas viagens à Índia neste ano, ambas por Guarulhos

(Foto: Reprodução | Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

Igor Gadelha, Metrópoles - Responsável pelo controle de fronteiras no Brasil, a Polícia Federal enviou à CPI da Covid-19 do Senado dados sobre as viagens à Índia realizadas neste ano por Francisco Maximiano, um dos donos da Precisa Medicamentos.

Segundo o documento sigiloso enviado pela corporação, ao qual a coluna teve acesso, foram pelo menos duas viagens à Índia, ambas por meio do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Integrantes da CPI dizem ter indícios de que, em janeiro, Maximiano viajou para a Índia em um jato particular. Para isso, a comissão tenta obter a confirmação junto a órgãos como a Anac e a Infraero.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email