Presidente da Anvisa terá que explicar veto à vacina russa Sputnik V, diz Otto Alencar

247 – O senador Otto Alencar (PSD-BA), que integra a CPI da Pandemia, disse o presidente da Associação Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), almirante Barra Torres, terá que explicar por que vetou a vacina russa Sputnik V.  "Como foi uma coisa que surgiu no Nordeste, tenho uma suspeita, não tenho uma comprovação, de que tem um componente político aí nessa situação de não dar a condição de liberação da Sputnik, que está em 66 países, inclusive aqui na vizinha Argentina. Essa é uma questão que vamos ter que apurar na oitiva do almirante Barra Torres", disse ele à CNN.

Ele também contestou o uso da cloroquina e disse que Jair Bolsonaro terá que reconhecer seu erro. "Não existe medicamento que possa prevenir uma virose a não ser a vacinação, não há outro caminho para isso. É preciso que o presidente deixe sua vaidade de lado, reconheça que errou. E eu estou falando até como médico, como alguém que está percebendo o que está se passando no meu país", afirmou.

Saiba como apoiar o documentário "A história secreta da cloroquina", que será produzido por Joaquim de Carvalho, na TV 247.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio