Senadores pressionam Marconny a dizer quem é o senador que "desatou o nó" na compra de vacinas

"O senhor é o mesmo cidadão que vai ter a cara de pau de chegar nesta CPI após a mensagem que mandou, documentada e apreciada, na qual você tem contato com um senador da República que seria responsável por desatar o nó na compra de vacinas e não dizer o nome?", cobrou o senador Alessandro Vieira

Marconny Albernaz Ribeiro em depoimento à CPI da Covid
Marconny Albernaz Ribeiro em depoimento à CPI da Covid (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O advogado Marconny Albernaz Ribeiro, em depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira (15), negou conhecer qualquer senador, após ter sido pressionado sobre sua relação com os parlamentares envolvidos na corrupção na compra de vacinas. 

"O senhor já subiu em carro de som na esplanada para gritar contra a corrupção", lembrou o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). "O senhor é o mesmo cidadão que vai ter a cara de pau de chegar nesta CPI após a mensagem que mandou, documentada e apreciada, na qual você tem contato com um senador da República que seria responsável por desatar o nó na compra de vacinas e não dizer o nome?", cobrou. 

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) clarificou que o diálogo entre Marconny e o senador tratava da compra de testes do coronavírus. 

PUBLICIDADE

"O senhor é mais um oportunista", completou o senador Vieira. 

Assista ao vivo na TV 247:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email