"Serão tomadas todas as providências", diz Aras sobre relatório final da CPI da Covid

O procurador-geral da República afirmou que pode "pecar por ação", mas não por omissão: "quem me conhece sabe"

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou neste domingo (17), em entrevista ao Canal Livre, da Band, que "serão tomadas todas as providências" em relação ao relatório final da CPI da Covid, que deve ser votado em 26 de outubro.

Questionado sobre o temor de que o relatório seja "engavetado", Aras disse que pode "pecar por ação", mas não por omissão. "O problema é saber se estaremos omissos. Quem me conhece pode dizer que posso pecar por ação, não por omissão".

O PGR também confirmou que “tem tido conversas” sobre a possibilidade de ocupar o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), mas negou que tenha se candidatado ao posto e disse que “até este momento” não recebeu convite de Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email