"Aceitam um Jesus bêbado, mas não aceitam um Jesus gay", diz Melhem sobre ataque ao Porta dos Fundos

"Aceitam um Jesus bêbado, mas não aceitam um Jesus gay. A reação revela um pouco da parte preconceituosa desse país. Qual é o problema se Jesus fosse gay?", disse o comediante Marcius Melhem sobre o atentado contra a sede da produtora Porta dos Fundos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O atentado contra a sede da produtora Porta dos Fundos, alvo de dois coquetéis molotov nesta terça-feira (24), no Rio de Janeiro, foi classificado pelo comediante Marcius Melhem como um "ataque ao humor brasileiro".

Em entrevista ao O Globo, Melhem destacou que a produtora já havia feito outras sátiras com Jesus em anos anteriores, mas que apenas agora, com Cristo retratado como gay, foi alvo de ataques.

"Aceitam um Jesus bêbado, mas não aceitam um Jesus gay. A reação revela um pouco da parte preconceituosa desse país. Qual é o problema se Jesus fosse gay? O ser humano é diverso, então Deus pode ser qualquer um de nós. Se Deus é nossa imagem e semelhança, poderia ser como qualquer um de nós. Por que Cristo tem que ser idealizado sempre do mesmo jeito, branco de olhos claros?", enfatizou.

Melhem defendeu a apuração do fato para saber se o ataque à sede do Porta dos Fundos foi um ato isolado ou orquestrado por algum grupo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247