Ana Cañas e “O bêbado e a equilibrista” na Paulista em defesa de Lula

Ana Cañas emocionou o público que esteve na Avenida Paulista na última quinta-feira (20), no ato que reuniu milhares de pessoas em solidariedade ao ex-presidente Lula e em defesa da democracia. Ela cantou, à capela, O bêbado e a equilibrista, canção de João Bosco e Aldir Blanc imortalizada por Elis Regina em 1979

Ana Cañas emocionou o público que esteve na Avenida Paulista na última quinta-feira (20), no ato que reuniu milhares de pessoas em solidariedade ao ex-presidente Lula e em defesa da democracia. Ela cantou, à capela, O bêbado e a equilibrista, canção de João Bosco e Aldir Blanc imortalizada por Elis Regina em 1979
Ana Cañas emocionou o público que esteve na Avenida Paulista na última quinta-feira (20), no ato que reuniu milhares de pessoas em solidariedade ao ex-presidente Lula e em defesa da democracia. Ela cantou, à capela, O bêbado e a equilibrista, canção de João Bosco e Aldir Blanc imortalizada por Elis Regina em 1979 (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Revista Fórum - Ana Cañas emocionou o público que esteve na Avenida Paulista na última quinta-feira (20), no ato que reuniu milhares de pessoas em solidariedade ao ex-presidente Lula e em defesa da democracia.

Ela cantou, à capela, O bêbado e a equilibrista, canção de João Bosco e Aldir Blanc imortalizada por Elis Regina em 1979. O vídeo viralizou na web, e Ana postou em suas redes sociais.

“Essa pessoa humilde que, após abraçar e atender a todos, me conta que ‘o bêbado e a equilibrista’ é a canção de sua vida – quando caminharam brasil afora, ouvindo e cantando-a, em 1982”, escreveu. “Lula, você é a esperança de muita gente nesse país. Estou e estarei ao seu lado, com alegria”, continuou.

A manifestação foi realizada após decisão do juiz Sergio Moro, na Operação Lava Jato, considerada uma condenação sem provas pelos ativistas.

Veja o depoimento de Ana Cañas sobre sua participação no ato e a seguir assista ao vídeo:

no ato de ontem.
com ele, por ele.
pelo povo.
por todos nós.
pela justiça, igualdade, evolução.
pela luta, dia a dia.
pela construção de uma democracia real.
pelo carinho e atenção aos que MAIS necessitam.
todo o meu amor e respeito à esse homem, essa figura, essa lenda.
meu coração o segue.
o admira.
aplaude.
essa pessoa humilde que, após abraçar e atender à todos, me conta que ‘o bêbado e a equilibrista’ é a canção de sua vida – quando caminharam brasil a fora, ouvindo e cantando-a, em 1982.
aprendi a seguir a verdade do meu coração, não importando a opinião dos que desprezam aquilo em que acredito.
à eles, desejo luz e paz.
discernimento e consciência.
mas acima de tudo, respeito.
lula, você é a esperança de muita gente nesse país.
estou e estarei ao seu lado, com alegria.
obrigada por esse momento, essa emoção indescritível.
foi uma honra.
muito obrigada, presidente.
 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247