Antonio Prata faz repente contra guerra de extermínio PT-PSDB

"Brigam tucanos, PT / E o Brasil é testemunha / Vendo o triste alvorecer / Do trevoso Eduardo Cunha / A burrice do fla-flu / Arruína os brasileiros", diz o escritor Antonio Prata, em seu Repente do Desmantelo; "Os dois partidos irmãos / Nutridos do mesmo sal / Em vez de darem as mãos / Se fazem Caim e Abel / Se liga, eleitor da Dilma / Se liga, eleitor do Aécio / Se o troço tá ruim assim / Assado, vai ficar péssimo"

"Brigam tucanos, PT / E o Brasil é testemunha / Vendo o triste alvorecer / Do trevoso Eduardo Cunha / A burrice do fla-flu / Arruína os brasileiros", diz o escritor Antonio Prata, em seu Repente do Desmantelo; "Os dois partidos irmãos / Nutridos do mesmo sal / Em vez de darem as mãos / Se fazem Caim e Abel / Se liga, eleitor da Dilma / Se liga, eleitor do Aécio / Se o troço tá ruim assim / Assado, vai ficar péssimo"
"Brigam tucanos, PT / E o Brasil é testemunha / Vendo o triste alvorecer / Do trevoso Eduardo Cunha / A burrice do fla-flu / Arruína os brasileiros", diz o escritor Antonio Prata, em seu Repente do Desmantelo; "Os dois partidos irmãos / Nutridos do mesmo sal / Em vez de darem as mãos / Se fazem Caim e Abel / Se liga, eleitor da Dilma / Se liga, eleitor do Aécio / Se o troço tá ruim assim / Assado, vai ficar péssimo" (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O escritor Antonio Prata compôs seu Repente do desmantelo, em que contesta a guerra de extermínio travada entre PT e PSDB.

Confira, abaixo, um trecho:

(...)

Brigam tucanos, PT

E o Brasil é testemunha

Vendo o triste alvorecer

Do trevoso Eduardo Cunha

A burrice do fla-flu

Arruína os brasileiros

E empluma um urubu

Chamado Renan Calheiros

Em coisa de poucos anos

Com este joguinho avaro

Nasceram Felicianos

Medraram os Bolsonaros

Os dois partidos irmãos

Nutridos do mesmo sal

Em vez de darem as mãos

Se fazem Caim e Abel

Se liga, eleitor da Dilma

Se liga, eleitor do Aécio

Se o troço tá ruim assim

Assado, vai ficar péssimo

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247