Caetano Veloso vence mais uma ação e será indenizado por ataques virtuais

Caetano Veloso garantiu mais uma vitória contra os ataques e ofensas nas redes sociais com a condenação de Flavio Morgernstern, pseudônimo de Flavio Azambuja Martins, que terá que indenizá-lo por "convocar os milhares de seguidores dele para fazerem assédio virtual contra o artista"

247 - O cantor e compositor Caetano Veloso obteve mais uma vitória contra os ataques e ofensas que enfrenta nas redes sociais. A 9ª Câmara Cível do Rio determinou que Flavio Morgernstern, pseudônimo de Flavio Azambuja Martins, indenize Caetano em R$ 120 mil. A informação é do colunista Ancelmo Gois, do O Globo.

Flavio é o criador da hashtag #CaetanoPedofilo e derrotado em primeira instância, recorreu para não pagar a indenização determinada pela Justiça. 

Para os desembargadores, "ao convocar os milhares de seguidores dele para fazerem  assédio virtual contra o artista", Flavio Azambuja "agiu de forma perversa, causando um dano de extensão inimaginável". 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247