Com história sobre escravidão, brasileiro vence o prêmio Eisner, o “Oscar” dos quadrinhos

O paulista Marcelo D'Salete, 38, venceu o prêmio Eisner, considerado o "Oscar" dos quadrinhos com "Cumbe", uma história sobre a escravidão no Brasil; nos últimos quatro anos, a história foi lançada nos EUA, em Portugal, na França, na Itália e na Áustria

Com história sobre escravidão, brasileiro vence o prêmio Eisner, o “Oscar” dos quadrinhos
Com história sobre escravidão, brasileiro vence o prêmio Eisner, o “Oscar” dos quadrinhos

Revista Fórum - O paulista Marcelo D'Salete, 38, venceu o prêmio Eisner, considerado o "Oscar" dos quadrinhos com "Cumbe", uma história sobre a escravidão no Brasil. "Como o prêmio saiu tarde, depois da meia-noite do Brasil, amigos começaram a me parabenizar. Foi uma surpresa muito grande. Lembro que ontem fui conferir as obras que estavam concorrendo, todas de excelentes artistas, imaginei que não seria minha vez", diz ao UOL o artista, que é professor, ilustrador e desde 2008 autor de histórias em quadrinhos.

Lançada nos últimos quatro anos nos EUA, em Portugal, na França, na Itália e na Áustria, "Cumbe" é composta por quatro contos que se baseiam em documentos reais para retratar a resistência dos escravos ao sistema colonial.

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247