Documentário brasileiro irá retratar drama de refugiados

Documentário "DIÁSPORA - Todos os Sonhos do Mundo", que aborda a crise migratória na Europa, é o tema do novo projeto audiovisual do cineasta pernambucano Cleonildo Cruz, documentário pretende abordar a crise migratória na Europa e as redes de acolhimento dos países europeus frente a esse drama humanitário; "Há caminhos que não têm volta. São irreversíveis.Nos novos navios negreiros, não existem correntes de ferro, mas correntes da diáspora, da partida, da incerteza, da liberdade tardia e imaginária", diz Ceonildo; dados de 2015 revelam que 1 milhão de pessoas cruzaram o Mediterrâneo para fugir dos conflitos, das guerras e da fome;  número é quatro vezes maior do que o registrado em 2014, quando 214 mil pessoas atravessaram o mar para chegar à Europa

Refugiados e imigrantes chegam à ilha grega de Lesbos. 8/10/2015. REUTERS/Dimitris Michalakis
Refugiados e imigrantes chegam à ilha grega de Lesbos. 8/10/2015. REUTERS/Dimitris Michalakis (Foto: Paulo Emílio)

 Tempus Comunicação - A crise migratória na Europa é o tema que norteia o novo projeto de audiovisual do cineasta pernambucano Cleonildo Cruz. O projeto "DIÁSPORA - Todos os Sonhos do Mundo" pretende abordar a crise migratória na Europa, e as redes de acolhimento dos países europeus frente a esse drama humanitário. Os números fechados de 2015, revelam que 1 milhão de pessoas cruzaram o Mediterrâneo para fugir dos conflitos, das guerras e da fome. O número é quatro vezes maior do que o registrado em 2014, quando 214 mil pessoas atravessaram o mar para chegar à Europa.

"Há caminhos que não têm volta. São irreversíveis. Na condição de quem ama o que faz, estamos começando a rodar esse novo filme, DIÁSPORA, que é um projeto de fôlego. Nos novos navios negreiros, não existem correntes de ferro, mas correntes da diáspora, da partida, da incerteza, da liberdade tardia e imaginária. Em "Operação Condor, verdade inconclusa", [documentário que será lançado no Brasil, em São Paulo, dia 05 de julho] percorremos a América Latina, ouvindo as vítimas dos regimes civil-militares das décadas de 60 a 80. Já com DIÁSPORA vamos se defrontar com o drama dos refugiados, que querem viver. Eles deixam seus países por causa da guerra e pobreza: sírios, afegãos, iraquianos, somalis e nigerianos estão entre os países de origem. Nessa diáspora arriscam suas vidas para um novo começo", diz Cleonildo

"Como cineasta que trabalha com temáticas sócio-políticas, tudo acontece naturalmente, não resta-me outra coisa, é preciso seguir. Tem caminhos que não tem volta, situações irreversíveis, em 2011 pisava no Haiti, país mais pobre das Américas. Rodamos Haiti, em janeiro, retratando a história de uma nação no seu processo de reconstrução, depois do terremoto, que vitimou mais de 250 mil haitianos. Dois filmes: Haiti e Condor e já estou preparado para começar DIÁSPORA", completa. .

Em Lisboa, Portugal, Cleonildo deu o start do filme "DIÁSPORA - Todos os Sonhos do Mundo", no Dia Mundial do Refugiado (20 de junho) e buscou conhecer as redes e ações de acolhimento de refugiados, através do Conselho Português para os Refugiados (CPR). Ele também visitará o CAR (Centro de Acolhimento para Refugiados e o CACR (Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas), bem como, dialogar com refugiados atendidos pelo Conselho Português para os Refugiados de Portugal. No roteiro, o cineasta pretende ainda visitar algumas cidades portuguesas como Sintra, Guimarães, Braga, Olhão e Faro para ouvir os refugiados em suas histórias da diáspora da travessia. Filmagens também serão realizadas na Espanha, Itália, Turquia e Alemanha

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247