Duvivier: intervenção militar no Rio é comandada por um chefe de quadrilha

O ator Gregório Duviver foi direto ao ponto ao comentar a "guerra ao crime organizado" anunciada por Michel Temer, denunciado por corrupção e comando de organização criminosa, além de investigado por propinas nos portos; "O presidente que usa as Forças Armadas para ofuscar a derrota da Reforma da Previdência é o mesmo que cortou os investimentos em segurança pública em 10,3%. O chefe de quadrilha agora comandará uma intervenção militar", diz ele

O ator Gregório Duviver foi direto ao ponto ao comentar a "guerra ao crime organizado" anunciada por Michel Temer, denunciado por corrupção e comando de organização criminosa, além de investigado por propinas nos portos; "O presidente que usa as Forças Armadas para ofuscar a derrota da Reforma da Previdência é o mesmo que cortou os investimentos em segurança pública em 10,3%. O chefe de quadrilha agora comandará uma intervenção militar", diz ele
O ator Gregório Duviver foi direto ao ponto ao comentar a "guerra ao crime organizado" anunciada por Michel Temer, denunciado por corrupção e comando de organização criminosa, além de investigado por propinas nos portos; "O presidente que usa as Forças Armadas para ofuscar a derrota da Reforma da Previdência é o mesmo que cortou os investimentos em segurança pública em 10,3%. O chefe de quadrilha agora comandará uma intervenção militar", diz ele (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O ator Gregório Duviver foi direto ao ponto ao comentar a "guerra ao crime organizado" anunciada por Michel Temer, denunciado por corrupção e comando de organização criminosa, além de investigado por propinas nos portos; "O presidente que usa as Forças Armadas para ofuscar a derrota da Reforma da Previdência é o mesmo que cortou os investimentos em segurança pública em 10,3%. O chefe de quadrilha agora comandará uma intervenção militar", diz ele

Confira, ainda, o tweet de Duviver:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247