Falabella critica casamento-ostentação: “tem que mudar os valores”

Em entrevista, ator critica a festa da deputada estadual Maria Victoria (PP-PR), em Curitiba, que acabou sendo alvo de protestos da população e protegida por Tropas de Choque do governo do Paraná; "A gente viu agora aí esse casamento dessa deputada. Pra quê? Como é que uma representante do povo ostenta um casamento daqueles, num local histórico? Pra quê isso? Isso não determinada nada, não transforma ninguém numa pessoa melhor, pelo contrário"; assista

Em entrevista, ator critica a festa da deputada estadual Maria Victoria (PP-PR), em Curitiba, que acabou sendo alvo de protestos da população e protegida por Tropas de Choque do governo do Paraná; "A gente viu agora aí esse casamento dessa deputada. Pra quê? Como é que uma representante do povo ostenta um casamento daqueles, num local histórico? Pra quê isso? Isso não determinada nada, não transforma ninguém numa pessoa melhor, pelo contrário"; assista
Em entrevista, ator critica a festa da deputada estadual Maria Victoria (PP-PR), em Curitiba, que acabou sendo alvo de protestos da população e protegida por Tropas de Choque do governo do Paraná; "A gente viu agora aí esse casamento dessa deputada. Pra quê? Como é que uma representante do povo ostenta um casamento daqueles, num local histórico? Pra quê isso? Isso não determinada nada, não transforma ninguém numa pessoa melhor, pelo contrário"; assista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ator Miguel Falabella fez uma crítica à festa de casamento da deputada estadual Maria Victoria (PP-PR), em Curitiba, que acabou sendo alvo de protestos da população e protegida por Tropas de Choque do governo do Paraná no fim de semana passado (veja aqui).

"Nós temos que rever os nossos valores, temos que efetivamente entender que isso (a vida) aqui é uma passagem, uma bobagem", disse o ator, que comentava sobre a importância de se compreender que a vida é finita.

"Ostentação... a gente viu agora aí esse casamento dessa deputada. Pra quê? Como é que uma representante do povo ostenta um casamento daqueles, num local histórico? Pra quê isso? Isso não determinada nada, não transforma ninguém numa pessoa melhor, pelo contrário", criticou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247