Filmes de Lázaro Ramos e Daniel Filho são favoritos em festival do BRICS

“Silêncio da Chuva” e “Medida Provisória” representam o Brasil em festival internacional, trazendo uma mensagem política relevante para o momento atual

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Dois dos principais destaques do Festival Internacional de Cinema dos BRICS, em Moscou, são os filmes “Silêncio da Chuva”, dirigido por Daniel Filho, e “Medida Provisória”, dirigido por Lázaro Ramos.

“Silêncio da Chuva”, cujo um do dos protagonistas é Lázaro Ramos, apresenta a tradicional oposição entre o “policial bom” e o “policial ruim”. Por sua empatia natural, Ramos interpreta o lado bom. 

Em entrevista ao Sputnik Brasil, Filho diz que “o Lázaro [Ramos] fez o papel muito bem. Ele acaba virando o mocinho do filme por sua própria persona, por ter muita empatia”.

“Medida Provisória” tem uma pegada mais política. Nele, o Brasil é liderado por um governo racista, que adota uma medida provisória segundo a qual a população negra do país deve ser deportada para a África. Perseguida, a população negra precisa se organizar para comandar a resistência e defender o seu direito de ser parte de seu próprio país.

O elenco é estrelado: Taís Araújo, Alfie Enoch, Seu Jorge, Adriana Esteves, Renata Sorrah, Emicida e Luis Miranda são alguns nomes dessa equipe que, nos sets de filmagem, era "90% formada por pessoas negras", contou Filho.

Os vencedores do prêmio serão divulgados nesta quinta-feira (8). “Medida Provisória” concorre na categoria Melhor Filme. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247