Governo demite assessores de Roberto Alvim

O governo Jair Bolsonaro demitiu os assessores diretos de Roberto Alvim, agora ex-secretário de Cultura. Foram exonerados Alexandre Leuzinger, Marco Aurélio Franco e Alessandro Loiola

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Jair Bolsonaro demitiu os assessores diretos de Roberto Alvim, agora ex-secretário de Cultura. Foram exonerados nesta segunda-feira (27) Alexandre Leuzinger, Marco Aurélio Franco e Alessandro Loiola, de acordo com o site O Antagonista. Não foram demitidos o pessoal da Funarte, da Ancine, da Biblioteca Nacional e da Casa Rui Barbosa.

O dramaturgo Roberto Alvim foi demitido porque fez uma postagem no Twitter copiando trechos de um discurso de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda da Alemanha nazista.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247