Gustavo Conde executa clássicos da MPB para quem ama música e democracia

O colunista Gustavo Conde, que é músico, professor, linguista e especialista em análise discursiva, estreou, na TV 247, com o primeiro "pocket show da resistência", em que cantou clássicos da música brasileira, como Cálice, Haiti, Saudosa Maloca e O Bêbado e o Equilibrista, relacionando as canções com o momento político brasileiro; confira

O colunista Gustavo Conde, que é músico, professor, linguista e especialista em análise discursiva, estreou, na TV 247, com o primeiro "pocket show da resistência", em que cantou clássicos da música brasileira, como Cálice, Haiti, Saudosa Maloca e O Bêbado e o Equilibrista, relacionando as canções com o momento político brasileiro; confira
O colunista Gustavo Conde, que é músico, professor, linguista e especialista em análise discursiva, estreou, na TV 247, com o primeiro "pocket show da resistência", em que cantou clássicos da música brasileira, como Cálice, Haiti, Saudosa Maloca e O Bêbado e o Equilibrista, relacionando as canções com o momento político brasileiro; confira (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O colunista Gustavo Conde, que é músico, professor, linguista e especialista em análise discursiva, estreou, na TV 247, com o primeiro "pocket show da resistência", em que cantou clássicos da música brasileira, como Cálice, Haiti, Saudosa Maloca e O Bêbado e o Equilibrista, relacionando as canções com o momento político brasileiro.

Segundo Conde, que dialogou sobre as canções com o editor Leonardo Attuch, a MPB reflete a alma nacional e antecipa grandes transformações. Numa das canções, "Desesperar jamais", uma mensagem inspiradora para os tempos sombrios do vampirão: 'cutucou por baixo, o de cima cai; cutucou com jeito, não levanta mais'.

Inscreva-se na TV 247 e confira:

Confira também a playlist da resistência no Spotify.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247